Busca

Pedido de Orçamento

Reprovações não significam nada, mas sim, o que você faz depois dela

Envie seus dados. Nós respondemos!
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14) 98119-9000
  • (14) 98119-9000
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Comprar

Reprovações não significam nada, mas sim, o que você faz depois dela

Para comprar vá até a nossa loja.
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14) 98119-9000
  • (14) 98119-9000
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Enviar Mensagem

Envie uma mensagem. Nós respondemos!
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14) 98119-9000
  • (14) 98119-9000
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Agendar

  • O agendamento se dará de acordo com a disponibilidade. Retornamos para confirmar.
  • Ou entre em contato por telefone.
  • (14) 98119-9000
  • (14) 98119-9000
  • Localização
  • Horário de Atendimento:

Regras

Leia as Regras
  • Se preferir entre em contato com a gente.
  • (14) 98119-9000
  • (14) 98119-9000
  • Horário de Atendimento:
Filtros
Filtros
Visão de Mercado

Guia de Associados

Segmentos
Opinião

Reprovações não significam nada, mas sim, o que você faz depois dela

William Douglas *William Douglas é juiz federal, desembargador, professor e escritor
16 de março de 2021 - 12:02

Quem escreve aqui foi reprovado para o Colégio Naval, Oficial de Justiça, Defensor Público, Promotor de Justiça e Juiz de Direito (duas vezes). Hoje, sou carinhosamente chamado de “guru dos concursos” e a revista Piauí me chamou de “O Eisntein dos concursos”.

Michael Jordan foi reprovado no teste para jogar basquete no time de sua escola. Reprovações não significam nada, mas sim, o que você faz depois dela. Jordan virou o maior jogador de basquete de todos os tempos, eu fui aprovado em 1º lugar em três concursos: Juiz de Direito/RJ, Defensor Público/RJ e Delegado de Polícia/RJ, bem como aprovado nos concursos para Analista Judiciário/TRF2, Professor da UFF e Juiz Federal. Minha Vara é referência em produtividade e já foi estudada em tese de doutorado.

Após várias reprovações, passei e escrevi o livro que criou a matéria sobre como estudar para concursos. Já falei para mais de 2,5 milhões de pessoas.

O que te define não é a reprovação, mas o que você faz com ela.

Não é ocioso mencionar que os Beatles foram recusados pela Decca Records. Fred Astaire, numa seleção de elenco no começo da carreira teve a seguinte crítica: “Baixo, sem carisma, sabe dançar um pouco”. O professor de Albert Einstein, para o pai deste, e a professora de Michael Phelps, para o próprio, disseram que ambos nunca dariam “para nada”. No caso de Einstein, ainda foi dito que ele “não conseguia se adaptar”.

Max Lucado, que já vendeu mais de 65 milhões de livros, foi recusado por 15 editoras. O livro Fernão Capelo Gaivota foi recusado por 13 editoras. O projeto da Walt Disney World foi recusado por 67 bancos (um comentário é que os gerentes diziam que a ideia de cobrar um único ingresso na entrada do parque não daria lucros). Discute-se se Vincent Van Gogh vendeu apenas um ou dois quadros em toda sua vida.

Não desanime com reveses. Aprenda com eles e tente de novo, fazendo melhor é melhor até alcançar seu sonho.

Por William Douglas

William Douglas
  • Redes Sociais

Comentários

Mais vistos